Japonezinho sabido kkkkkkk
SUZUKI

Primeiro dia de aulas numa escola secundária dos EUA, a professora apresentou aos alunos um novo colega, Sakiro Suzuki, do Japão. A aula começa e a professora:
- Vamos ver quem conhece a história americana. Quem disse?: "Dê-me a liberdade ou a morte."
Silêncio total na sala. Apenas Suzuki levanta a mão e diz:
- Patrick Henry em 1775 na Filadélfia.
- Muito bem, Suzuki. E quem disse?: "O estado é o povo, e o povo não pode afundar-se."
Suzuki responde: - Abraham Lincoln em 1863 em Washington.
A professora olha os alunos e diz:
- Vocês não têm vergonha? Suzuki é japonês e sabe mais sobre a história americana do que vocês!
Então, ouve-se uma voz baixinha, lá ao fundo:
- Vai tomar no cu, seu japonês de merda!
- Quem foi que disse isso? grita a professora.
Suzuki levanta a mão e sem esperar responde:
- General McArthur em 1942 em Guadalcanal, e Lee Iacocca em 1982 na Assembléia Geral da Chrysler.
A turma fica super silenciosa, apenas ouve-se do fundo da sala:
-Acho que vou vomitar!...
A professora grita:
- Quem foi?
E Suzuki:
- George Bush (pai) ao Primeiro-Ministro Tanaka durante um almoço, em Tókio, em 1991.
Um dos alunos puto com Suzuki, grita:
- Chupa o meu pau, seu porra!!!
E a professora irritada e já descontrolada diz:
- Acabou-se! Quem foi que disse isso?
E Suzuki, sem hesitar:
- Bill Clinton à Mônica Lewinsky, na Sala Oval da Casa Branca, em 1997.
E outro aluno se levanta e grita:
-Suzuki és um viado de merda!!
E Suzuki lhe responde:
- Valentino Rossi no Grande Prêmio de Moto no Rio de Janeiro em 2002.
A turma fica histérica, a professora desmaia, a porta se abre e entra o diretor, que grita:
- Que merda é essa, nunca vi uma confusão destas!
E o Suzuki:
- Lula, para o ministro da Aeronáutica, a respeito do caos aéreo em Dez/2006, em Brasília.
E outro aluno, num sussurro que ecoou:
-Ihhh... agora fudeu tudo!
Suzuki:
- Lula de novo, após a descoberta do Mensalão.
O Diretor não se conteve e bradou:
Vocês são todos uns idiotas, uns imbecis, um bando de babacas!...
Suzuki de pronto:- José Dirceu
para o povo brasileiro após comemorar a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de considerar válidos os chamados embargos infringentes.

 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar