LULA FOI A SALVADOR E NEM COMPROU UM BERIMBAU NO MERCADO MODELO. ÊTA CABRA DISTRAÍDO...
@brasilianas 24/10/15

Lula anunciou ir ao "encontro do povo"... E cadê o povo de Lula?


Sem poder mais dormir em São Bernardo, pensando que qualquer dia por volta das quatro da manhã os federais vão bater a campaínha e ainda teria de ouvir de Mariza um "eu não te disse que eles iam te pegar", Lula foi ao "encontro do povo".

Grana e alguns amigos bem nutridos de pixulecos não lhe faltam. Alguns já sumiram do mapa, outros entregaram tudo. Mal começou sua andança e os milhões de povo não deram as caras. Em Terezina ele teve uma mostra que vai acontecer em seu caminho de desespero. Em Terezina o povo encurralou o Apedeuta e saudou o boneco Pixuleco.

Em maior ou menor escalada isso vai se repetir em todo o Brasil. Talvez Noço devesse ir conhecer Guariba, onde foi lançada maior mentira de sua era: o Fome Zero. Em Salvador, a terra dos Jacques Wagner, o "encontro com o povo" foi num auditório com reforço da segurança. Para o vexame não ser maior foram retiradas 200 cadeiras dos auditório.

Assim Lula, aquele que já foi Barba, o dedo-duro do Dops, que foi recriado por Duda Mendonça como "Lulinha Paz e Amor" que virou Lula em cartório por conta do marketing, hoje é conhecido por 70% do PIB como Brahma, enfim encontrou algum aconchego com seu "povo".

E, claro, se revelou acuado e desandou a vomitar bobagens, aquelas que saem ao vento borradas com o visgo verde biliar. E o malandro nunca, nunca mesmo, fala do que, de fato, o ameaça se tornar hóspede da Papuda.



Este é Lula, mas podem chama-lo de Pixuleco. E este povo que vai às ruas não seu povo. Seu povo gosta de auditório, de preferência bem pequeno, para aconchegar um homem encagaçado.

LULA QUE DEU O GOLPE NA DILMA AGORA SENTE O GOLPE. NA BAHIA ELE DIZ QUE ESTÁ COM MEDO. MUITO MEDO E PEDE UMA VIGÍLIA

Ele sabe que esses dois últimos delatores - Musa e Baiano - apenas deram mais luz, mais ilustração ao que a Força-Tarefa da Lava Jato reuniu de provas do Petrolão. Ou ele já se esqueceu que o primeiro a delatar foi exatamente o Paulinho do Lula, Barusco e uma penca de graúdos empreiteiros, incluindo aí seu companheiro de pescarias e Royal Salute. Ricardo Pessoa entregou as imagens, bilhetes, e-mails… Baiano só fez acender todos os spots para mostrar o mão peluda de Lula e da República do Pixuleco. José Carlos Bumlai, o criador de boi, o mecenas dos lulinhas, estava lá também no Petrolão e fazia o que fazia em nome de quem?

Lula acusou o golpe


o antagonista

Dois delatores entregaram Lula na última semana. O primeiro, Eduardo Musa, disse à Lava Jato que a campanha presidencial de 2006 foi paga com dinheiro roubado da Petrobras, por meio do contrato fraudado do navio-sonda Vitória 10.000. O segundo, Fernando Baiano, detalhou o lobby de Lula na Sete Brasil, a favor do estaleiro de Eike Batista, e provou os pagamentos ao seu parceiro José Carlos Bumlai. Lula acusou o golpe. Ontem à noite, em Salvador, num evento organizado pelo PT, ele disse: "Peço que fiquem atentos porque estamos vivendo um momento excepcional em que um cidadão é preso e tem a promessa de ser solto se ele delatar alguém. Aí ele passa a delatar até a mãe, se for o caso”. E arrematou: "O dado concreto que estamos vivendo quase de um Estado de exceção". Lula tem razão: a Lava Jato é uma exceção. A maior exceção da história do Brasil.

LULA, NEM DE GRAÇA

Em Salvador, 800 militantes do PT e da CUT foram aplaudir os ataques de Lula à Lava Jato e aos seus delatores. A Folha de S. Paulo acrescentou: “Com um público abaixo do esperado, a produção do evento teve que retirar 200 cadeiras do auditório”. Ninguém mais quer ouvir as palestras de Lula. Nem de graça.
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar