A PETROBRAS PODE FECHAR AS PORTAS
 
 “Todos os desatinos imagináveis foram cometidos na Petrobras por uma organização criminosa de alta periculosidade. Entregar a BR Distribuidora a um presidente(*) que foi cassado por corrupção, a Presidente da República, Dilma Rousseff bem mostra o quanto os petistas zelam e têm amor pelo patrimônio nacional. Destruíram a Petrobras sem pensar no país e nos pobres que os elegeram, mas nas sórdidas intenções de assaltar o Poder, instituindo a corrupção como política de Governo.”
“ Causa estupefação a declaração de Cerveró, de que o Presidente da BR Distribuidora, nomeado por Lula-Dilma, reuniu a Diretoria da Empresa e operadores , no Copacabana Palace, para estabelecer as cotas de propina, que cada Diretoria deveria arrecadar, e os destinatários das mesmas. Os nomes dos aquinhoados já são, por demais, conhecidos na praça. De outra feita roubaram 12 milhões da Petrobras para pagar um chantagista que ameaçava denunciar Lula, na morte de Celso Daniel. A que ponto chegou a ousadia desses criminosos...”
E é essa gente, com a Sra. Dilma à frente, que muito falou na campanha eleitoral em defesa da PETROBRAS. Certamente buscavam preservar  o butim para a ocasião oportuna, conforme aconteceu. Quanta patifaria! A hora da mudança não pode tardar! (*) Collor é o nome dele.
 
A SITUAÇÃO PARECE QUE ESTÁ PRETA! BOTA PRETA NISTO ...
 
Se alguém falar em doar ou vender a Petrobrás,  levantam-se-ão vozes, até dos túmulos, defendendo aquela desbotada tese: "A Petrobrás é uma conquista do povo brasileiro"! Um discurso que sempre provoca calorosos aplausos!

Se doarmos a Petrobrás, para nos  livrar das dívidas , das despesas de manutenção, e de tudo que ainda vem pela frente, em termos de passivo, ficaremos no lucro.

 

Pego com a mão na botija
 
            O PT não rouba nem deixa roubar o petróleo. Essa frase pode ser atribuída a José Dirceu quando Ministro da Casa Civil, antes de ser desmascarado.
            Na contramão das políticas comerciais adotadas por Países sérios, para explorar o petróleo, o Governo brasileiro, eivado de idiotas ideológicos, guardou o petróleo no fundo do poço até ver a crise contaminar o “nosso ouro negro”,  que só existe na cabeça dos velhos comunistas pichadores de muros com o símbolo da foice e do martelo e inscrições como “o petróleo é nosso” e “fora ianques”.
            Todos os desatinos imagináveis foram cometidos na Petrobras por uma organização criminosa de alta periculosidade. Entregar a BR Distribuidora a um presidente que foi cassado por corrupção, a Presidente da República, Dilma Rousseff bem mostra o quanto os petistas zelam e têm amor pelo patrimônio nacional. Destruíram a Petrobras sem pensar no país e nos pobres que os elegeram, mas nas sórdidas intenções de assaltar o Poder, instituindo a corrupção como política de Governo.
            Para criar fontes de propina, construíram um prédio, em Salvador, para alojar a Diretoria Financeira da Empresa com o único intuito de colocá-la à disposição dos petistas sindicalistas, proxenetas da Nação.
 
            Causa estupefação a declaração de Cerveró, de que o Presidente da BR Distribuidora, nomeado por Lula-Dilma, reuniu a Diretoria da Empresa e operadores , no Copacabana Palace, para estabelecer as cotas de propina, que cada Diretoria deveria arrecadar, e os destinatários das mesmas. Os nomes dos aquinhoados já são, por demais, conhecidos na praça. De outra feita roubaram 12 milhões da Petrobras para pagar um chantagista que ameaçava denunciar Lula, na morte de Celso Daniel. A que ponto chegou a ousadia desses criminosos...
 
            Estabelecendo dificuldades, às Empresas interessadas na exploração do petróleo no Brasil, com a participação obrigatória  da Petrobras em todos os blocos licitados, o que tem desestimulado interessados, num sistema de partilha ou concessão com regras incertas, ficamos com o nosso lençol enterrado nas profundezas do oceano e com dívidas até o pescoço, cerca de impagáveis 500 bilhões.
 
            Quem haveria de fazer proposta decente, para entrar em parceria com a Petrobras se as Empresas estrangeiras e nacionais foram chamadas pelos petistas para roubar o patrimônio público?
 
             O pré-sal só tem viabilidade econômica com o barril a 50 dólares. Com o preço, hoje, de 30 dólares, o nosso pré-sal vale zero, zero, como diria Jô Soares numa chacota à ridícula Petrobras de hoje.
 
             As bravatas de Lula enganaram incautos e a Pátria educadora mostra sua verdadeira face: faltam recursos para educação e os cortes nas despesas ocorrem em todos os Estados.
 
            Colocamos esses idiotas, oriundos de Sindicatos grevistas, que nunca tiveram coragem para trabalhar e levaram o Brasil e a Petrobras para o fundo do poço.
 
            Não é à-toa que Dilma se apressa em fazer indecente acordo de leniência, com empreiteiras corruptas, para tentar salvar-se das denúncias que vão continuar chegando, cada vez mais, de forma cabeluda.
 
            Como disse Roberto Campos: a Petrobras só é gigante do solo para cima. Foi chamado de entreguista, de inimigo da Pátria, agente americano, e aí está a prova do crime. Ela só existe nos belos prédios do Rio, São Paulo, Salvador. Seu valor de mercado é 60 bilhões enquanto a sua dívida é 500 bilhões. Para se desfazer dela é preciso arranjar um picareta internacional, laranja e falsário.
 
            O petróleo que ela deixou de extrair não vale mais nada. A matriz energética do mundo está mudando com os compromissos das nações de redução do carbono.
 
O que fazer, agora, com os elefantes brancos como Comperj e Abreu e Lima?
 
            Sem visão, por que são quase analfabetos funcionais, não estudaram, alguns fizeram cursos rudimentares como Dilma, que se julga uma economista, mas não passa de uma animadora de auditório com as “batatadas” que diz, em público.
 
            Ninguém será processado e banido da vida pública porque o STF ideológico foi arrumado para não punir os culpados que os escolheram.
 
            A Petrobras tem que ser repensada, urgentemente, desmontar as instalações faraônicas dos seus edifícios, vender ativos, parar a prospecção e extração de petróleo, devolver sondas e plataformas e passar a comprar o produto no mercado por preços mais em conta do que produz.
 
            Há a possiblidade do preço do barril continuar caindo, e, eventualmente, até subir, mas a disputa é entre gente grande e não entre amadores como os temos. A Arábia Saudita baixou o preço do petróleo como uma arma para que os EUA reduzissem sua produção de petróleo a partir do xisto. Os EUA não entraram no jogo da Arábia e manteve sua produção a todo vapor e a Arábia Saudita também manteve sua posição de não reduzir a produção. E os imbecis do Planalto não ficam nem atônitos porque não sabem o que está acontecendo nem o que fazer diante da catástrofe que se anuncia.
 
            Quando o STF permitir que se mande Dilma embora, aí já será tarde demais.
 
            Só nos resta sentar no meio fio da rua da amargura e chorar.
 

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar