VIVAMOS DE TAL ORDEM QUE VALHA VIVER