Uma grande ideia

Como não há mesquitas em Veneza, o governo italiano autorizou que os muçulmanos rezassem nas ruas.
Até o momento, 437 já se afogaram.