PT convocação do Diretório Nacional para o dia 18 Abr - beleza pura

 Manifestação pro Lula e Dilma, PT distribuindo camiseta, sanduiche e pagando o povo 30 reais pra ir as ruas em todo Brasil

O 'QG' da mortadela

Brasil 18.03.16 18:17
O PT montou uma estrutura em frente ao estádio do Pacaembu para a distribuição de lanche e dinheiro às pessoas que participam do ato pró-governo.
Dezenas de ônibus que trouxeram os mortadelas estão no local. Onde está a imprensa?
A Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) ofereceu um almoço nesta quinta-feira a manifestantes pró-impeachment que pernoitaram na avenida Paulista. No cardápio estão filé mignon, massa, salada, torta, purê e arroz. A assessoria de imprensa da Fiesp afirmou que o almoço é para lideranças dos grupos pró-impeachment.

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.valor.com.br/politica/4486600/fiesp-oferece-file-mignon-manifestantes-pro-impeachment-na-paulista ou as ferramentas oferecidas na página. 
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.








350

Pão com Mortadela e 30 pratas

 





Clique aqui para ver

Quem pegou o ex-presidente Lula foi a Receita Federal

Quem pegou o ex-presidente Lula foi o pessoal da Receita Federal

Fernando Castilho 


Esqueça o japonês da Federal e o promotor-chefe da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. E também aquele promotor do Ministério Público de São Paulo Cássio Conserino. Quem pegou Lula foi a Receita Federal, que vai ter as provas contra o ex-presidente. E é com isso que ele agora vai se preocupar.

Como na Máfia italiana, e no enredo da saga americana de Al Capone, quem pegou Luís Inácio Lula da Silva não foram os federais, mas a Receita. Até porque eles fizeram junto com o MPF do Paraná e o Juiz Sérgio Moro todo o trabalho de cruzamento dos dados e produziram as provas. Ontem, tinha na operação 44 auditores da Receita.

É preciso entender uma coisa que é fundamental nesse jogo. O sujeito pode até não ser preso como aconteceu com o ex-presidente ser conduzido coercitivamente a prestar depoimentos, mas o processo no Fisco é quem vai comprometer seu futuro. E esse é o problema que Lula nem o PT e muito menos a militância entenderam. O problema do ex-presidente é com o Fisco e, se for preso, será por ocultação de patrimônio, elisão fiscal e vai por aí já que o dinheiro auferido tem origem nos desvios que as empresas envolvidas na Lava Jato fizeram.

O que aconteceu esta semana seja no STF, seja na Justiça Federal com o Delcidio Amaral e com Lula nesta sexta-feira tem um fio condutor. Antes de Lula, dezenas de empresários e gestores das empresas e da Petrobras vão tirar cadeia mesmo.

E não vai ter juiz nem de primeira nem de segunda instância que revogue preventiva e julgue diferente de Sérgio Moro. Aquela decisão STF de mandar o sujeito para a prisão depois de ter a condenação validada em segundo grau foi para pegar os caras pegos na Lava Jato. A decisão STF de mandar processar Eduardo Cunha foi nessa direção. Ou seja: bateu no STF está ferrado. E olha que a ministra Carmem Lúcia só assume em setembro.

O STF assumiu o papel de fazer o que o Legislativo e o Executivo não estão fazendo. Cuidando de defender a Democracia. O STJ depois que o Delcídio citou o ministro Marcelo Navarro Ribeiro Dantas se sentira obrigado a também se mostrar duro com os envolvidos na Lava Jato.

É isso que nem Lula nem o PT entenderam.  O que a Receita Federal chama sofismando de ‘confusão operacional e financeira’ entre o Instituto Lula e a LILS, empresa de palestras do ex-presidente é o ápice da Lava Jato. Estamos falando de R$ 20 milhões que foram doados ao Instituto Lula pelas cinco maiores empreiteiras envolvidas no cartel da Lava Jato. Outros R$ 10 milhões pagos à LILS.

A Receita Federal aponta “confusão operacional e financeira” entre o Instituto Lula e a LILS, empresa de palestras do ex-presidente, alvo nesta sexta-feira, 4, da Operação Aletheia, ápice da Lava Jato. Tem muito mais coisa em termos de cruzamento de dados.

O fio da investigação é um total de R$ 20 milhões foram doados ao Instituto Lula pelas cinco maiores empreiteiras envolvidas no cartel da Lava Jato. Outros R$ 10 milhões pagos à LILS. Para a Receita Federal a questão foi a análise é o relacionamento das entradas e recursos da LILS Palestras e saídas de recursos do Instituto Lula”.

E o PT vai reagir? Tem a obrigação. Tem o dever de fazer um barulho dos diabos pois esse é a última barreira. Se o Lula cair, como parece que caiu, vai sobrar o que? Em 36 anos de existência, a utopia do PT converteu-se numa ação criminosa de amigos. Se um petista de raiz abrir mão dessa utopia, vai viver como?

Então é natural a reação e a promessa de Lula de rodar o país para defender o legado PT. Só ele tem capacidade dessa missão. Mas sabe que a próxima ação será mais forte e mais terrível e que tudo que chegar seja no Sérgio Moro, no STJ e até no STF será com eles.

Com a justiça se enfrenta, com o Congresso se disputa  eleição. Contra o leão do Imposto de Renda só existe o DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais). E ele já pegou gente muito mais poderosa que Lula e seus amigos do PT.

ENIGMA

 "TENTE ENTENDER ESTE ENIGMA"
 
VOCÊ SABIA QUE...

Não existe nenhuma ONG atuando no Nordeste seco?
(ninguém observa isso).
Você consegue entender isso?
Vítimas da seca!
Quantos? 10 milhões.
Sujeitos à fome? Sim.
Passam sede? Sim.
Subnutrição? Sim.
ONGs estrangeiras ajudando: Nenhuma!
 
Índios da Amazônia.
Quantos? 230 mil
Sujeitos à fome? Não
Passam sede? Não
Subnutrição? Não
ONGs estrangeiras ajudando:350
Provável explicação:
A Amazônia tem ouro, nióbio, petróleo, as maiores jazidas de manganês e ferro do mundo, diamante, esmeraldas, rubis, cobre, zinco, prata,
a maior biodiversidade do planeta (o que pode gerar grandes lucros aos laboratórios estrangeiros) e outras inúmeras riquezas que somam 14 trilhões de dólares.
O nordeste não tem tanta riqueza,  por isso lá não há ONGs estrangeiras ajudando os verdadeiramente famintos.

Tente entender:
Há mais ONGs estrangeiras indigenistas e ambientalistas na Amazônia brasileira do que em todo o continente africano, que sofre com a fome, a sede, as guerras civis, as epidemias de AIDS e Ebola, os massacres e as minas terrestres.
 
Agora, uma pergunta:
 
Você não acha isso, no mínimo, muito suspeito?
É uma reflexão interessante ou não é ?

REPASSE SEM MODERAÇÃO!
 
 

Receba nossas notícias no seu e-mail:

Contador de acessos 2664812

Kubik-Rubik Joomla! Extensions

logotipo ibs